LOTE 001

Fração de terras 3.252.555,95m²

Aberto para Lances
LANCE INICIAL

R$30.747.927,33

Incremento Mínimo: R$100.000,00
visualizações: 938

encerra em:
 Dê seu Lance
LEILOEIRO OFICIAL
Rogério Bronzatto
JUCIS/RS 108/95
LEILÃO SALTO DO JACUÍ
LEILÃO JUDICIAL
Online (Ao Vivo)
Valor de Avaliação: R$30.747.927,33
Data 1º Leilão: 14/05/2024 10:00
Lance Inicial: R$30.747.927,33
Data 2º Leilão: 28/05/2024 10:00
Lance Inicial: R$15.373.963,66
Local do Leilão: - Salto do Jacuí - RS

Últimos Lances

Detalhes do Lote
Compartilhar:    

Comitente: Poder Judiciário do Rio Grande do Sul

Cidade: Salto do Jacuí/RS
Endereço: Capão Bonito
Matrícula: Mat. nº 2.054 CRI de Salto do Jacuí/RS
Descrição: Uma fração de terras de culturas com área superficial de 3.252.555,95m² (três milhões, duzentos e cinquenta e dois mil quinhentos e cinquenta e cinco metros e noventa e cinco decímetros quadrados) situada na localidade denominada Capão Bonito, no município de Salto do Jacuí/RS. Possui as seguintes confrontações: ao Norte, divide-se com terras da Sucessão de Sérgio Vieira; ao Sul, divide-se com terras de Maria Fausta Vieira de Vieira, Andréa Vieira de Vieira, Ângela Vieira Brunelli e Júlio Magalhães Vieira Neto; ao Leste divide-se com terras de Marcos e Alfeu Libreloto de Bortoli; ao Oeste, divide-se com terras do Assentamento Oriental. Hipotecado em favor da União e do Banco do Brasil. Averbado processo judicial nº 0044891-68.2010.8.21.0011 (CNJ). Penhorado nos processos nº 161/1.14.0000718-4 (4,5ha) e 013/1.09.0007047-3. Mat. 2.054, do CRI de Salto do Jacuí. VALOR DA AVALIAÇÃO: R$ 26.427.017,09.
Sobre o imóvel estão edificadas:
1)Um galpão de alvenaria, com estrutura metálica, medindo 575m², coberto de zinco, piso de concreto e calçada ao redor, construção de aproximadamente 30 anos, próprio para maquinário, insumos e depósito de grãos ensacados, em bom estado de conservação, R$ 389.200,70;
2)Um galpão misto (alvenaria e madeira), medindo 28 m², coberto de zinco, piso de concreto, construção de aproximadamente 50 anos, próprio para reservatório de combustíveis, em bom estado de conservação, R$7.517,14;
3) Um galpão de alvenaria, medindo 42 m² coberto de telha de amianto 4 mm, piso de concreto, construção de aproximadamente 14 anos, próprio para armazenagem de produtos agrotóxicos, em bom estado de conservação, R$ 40.256,37;
4) Um galpão misto (alvenaria e madeira), medindo 90 m² coberto de telha de amianto 6 mm, piso de concreto, construção de aproximadamente 30 anos, próprio para criação de aves, em bom estado de conservação, R$ 62.757,08;
5) Um galpão de alvenaria, medindo 40 m² coberto de telha de barro, piso revestido de lajota, construção de aproximadamente 20 anos, próprio para esquartejamento de animais abatidos e corte de carnes, em bom estado de conservação, R$ 34.865,04;
6) Uma casa de alvenaria, medindo 250 m², coberta de telhas de amianto 6 mm, piso cerâmico, com pré-laje, construção de aproximadamente 30 anos, em bom estado de conservação, R$ 378.087,36;
7) Uma casa de alvenaria, medindo 61,20 m², coberta de telhas de amianto 6 mm, piso cerâmico, construção de aproximadamente 15 anos, em bom estado de conservação, R$ 138.582,70;
8) Uma casa de alvenaria, medindo 61,20 m² coberta de telhas de amianto 6 mm, piso cerâmico, construção de aproximadamente 15 anos, em bom estado de conservação, R$ 138.582,70;
9) Uma casa de alvenaria, medindo 70 m², coberta de telhas de amianto 6 mm, piso cerâmico, construção de aproximadamente 30 anos, em bom estado de conservação, R$ 123.717,20;
10) Uma casa de alvenaria, medindo 99 m², coberta de telhas de amianto 6 mm, piso cerâmico, construção de aproximadamente 15 anos, em bom estado de conservação, R$ 220.604,25;
11) Uma casa mista (alvenaria e madeira), medindo 50 m², coberta de telhas de amianto 6 mm, piso cerâmico, construção de aproximadamente 50 anos, em bom estado de conservação, R$ 50.119,97;
12) Uma casa de madeira, medindo 36 m², coberta de telhas de amianto 4 mm, piso cerâmico, construção de aproximadamente 50 anos, em bom estado de conservação, R$36.086,38;
13) Uma casa de madeira, medindo 90 m², coberta de telhas de amianto 4 mm, piso cerâmico, construção de aproximadamente 35 anos, em bom estado de conservação, R$ 143.445,87;
14) Um galpão de alvenaria, medindo 21 m², coberto de telha de amianto 4 mm, piso de concreto, sem forração, construção de aproximadamente 15 anos, próprio para borracharia e bom estado de conservação, R$ 19.783,78;
15) Um galpão de alvenaria, medindo 42 m², coberto de telha de amianto 6 mm, piso de pedra brita, construção de aproximadamente 15 anos, próprio para depósito de vasilhames de produtos agrotóxicos, em bom estado de conservação, R$ 39.567,57;
16) Um galpão de alvenaria, medindo 60 m², coberto de telha de barro, piso de concreto, construção de aproximadamente 50 anos, próprio para armazenagem de ração animal, em bom estado de conservação, R$ 16.108,38;
17) Um galpão de alvenaria, medindo 48 m², coberto de telha de amianto 4 mm, piso de concreto, construção de aproximadamente 15 anos, próprio para o trato de animais bovinos, em bom estado de conservação R$ 45.145,63;
18) Um galpão misto, medindo 325 m², coberto de zinco, base de alvenaria, piso de concreto, construção de aproximadamente 50 anos, próprio para depósito de maquinários e insumos agrícolas, em bom estado de conservação, R$ 87.253,72;
19) Um galpão misto, medindo 325 m², coberto de zinco, base de alvenaria, piso de concreto construção de aproximadamente 50 anos, próprio para oficina, em bom estado de conservação, R$ 87.253,72;
20) Cocheira para bovinos, com base de madeira, medindo 120 m², coberto de telha de amianto 6 mm, piso de paralelepípedo, construção de aproximadamente 15 anos, em bom estado de conservação, sem avaliação;
21) Um galpão de alvenaria, medindo 505 m², coberto de telha de amianto 4 mm, piso de concreto, construção de aproximadamente 15 anos, próprio para o trato de animais bovinos, em bom estado de conservação, R$ 475.753,00;
22) Um galpão de alvenaria, medindo 140 m², coberto de telha de amianto 4 mm, piso revestido de lajota construção de aproximadamente 15 anos, próprio para ordenha, em bom estado de conservação, R$ 131.891,92;
23) Conjunto de quatro silos metálicos, próprios para armazenagem de ração, com capacidades de 15 toneladas, 15 toneladas, 9 toneladas e 5 toneladas, respectivamente, em bom estado de conservação, sem avaliação;
24) Um galpão de alvenaria, medindo 517,50 m², coberto de telha de amianto 6 mm, com piso de concreto, construção de aproximadamente 15 anos, próprio para criação de bovinos, em bom estado de conservação, R$ 487.529,06;
25) Um galpão de alvenaria, medindo 900 m², coberto de aluzinco, com piso de concreto estrutura metálica, construção de aproximadamente 10 anos, próprio para criação de bovinos, em bom estado de conservação, R$ 905.276,41;
26) Um galpão de madeira, medindo 260 m², coberto de aluzinco, com piso de concreto construção de aproximadamente 10 anos, próprio para criação de bovinos, em bom estado de conservação, R$ 261.524,29;

Benfeitorias não averbadas.
Com localização e acessibilidades boas, agricultável, com recursos hídricos, levemente ondulado, avaliado por Oficial de Justiça em 650 sacas de soja/hectare, bem como se levando em consideração o valor da saca de soja no dia da vistoria (R$ 125,00).
VALOR TOTAL DA AVALIAÇÃO: R$ 30.747.927,33.

Processo: 50009636020238210161.
Vara: Vara Judicial
Comarca: Ibirubá
Exequente: OLFAR INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE ÓLEOS VEGETAIS LTDA
Executado: MEPAL COMÉRCIO DE PRODUTOS AGRÍCOLAS LTDA, MARCOS LIBRELOTO DE BORTOLI, ELIANE SOARES DE MOURA DE BORTOLI, ALFEU LIBRELOTTO DE BORTOLI E IOLANDA CORREA DE BORTOL
Comissão: 8%
Observações do Lote

Ficam as partes, seus cônjuges (se casados forem), credores pignoratícios, hipotecários, anticréticos, fiduciários ou com penhora anteriormente averbada, condôminos, intimados pelo presente edital, para todos os atos aqui mencionados, caso encontrem-se em lugar incerto e não sabido ou não venham a ser localizados pelo Sr. Of. de Justiça.

MODALIDADE: O presente leilão/praça realizar-se-á na modalidade eletrônica, através do sítio: www.bronzattoleiloes.com, onde os interessados poderão dar lances de forma remota, desde que estejam devidamente cadastrados no mesmo, mediante anuência do regramento de participação, observando antecedência mínima de 12h da data do leilão. Feito esse procedimento, o cadastro passará por uma análise interna da equipe da agência de leilões e depois aprovado, caso não exista inconsistências ou restrição em seus dados.

Uma vez ofertado lance, não haverá possibilidade de desistência, de forma que não havendo pagamentos relativos à arrematação, será informado ao juízo para aplicação das medidas legais cabíveis.

PAGAMENTO: O pagamento dar-se-á através de guia de depósito judicial. Ao optar pelo pagamento à vista do valor do lance, no ato da arrematação, deverá efetuar o pagamento da integralidade do lance, mediante guia judicial que será encaminhada pela assessoria deste profissional. O pagamento parcelado, deverá ser constituído de um mínimo correspondente a 25% do valor da arrematação no ato, quitando o valor remanescente em no máximo 30 (trinta) parcelas corrigidas pelo IGPM, conforme determinado no artigo 895, §1º, do CPC. Havendo proposta de lance à vista, sempre prevalecerá sobre as propostas de pagamento parcelado, conforme artigo 895, §7º, do CPC. Fica a cargo do arrematante o pagamento de custas da expedição das guias judiciais de depósito quando houver. As guias somente são pagas em Agência Banrisul ou Lotéricas conveniadas.

COMISSÃO DO LEILOERO: Cabe ao arrematante a comissão do leiloeiro, sendo arbitrado pelo(a) Juiz(a) do feito. Comissão do leiloeiro em 10% sobre o valor da arrematação para móveis e 08% para imóveis, a ser paga integralmente mediante depósito/transferência bancária na conta deste profissional, em até 24h após a realização da hasta pública.

ÔNUS: o bem é entregue ao arrematante livre de quaisquer ônus. Desse modo, multas, taxas, tarifas de depósitos, IPTU, IPVA, hipotecas e outros ônus não são transferidos ao arrematante, conforme o artigo 908, § único, do Código de Processo Civil e artigo 130, § único, do Código Tributário Nacional. Ficarão ao encargo do arrematante todas as despesas de transferência tais como ITBI, emolumentos cartorários, e os tributos cujos fatos geradores ocorrerem após a data da expedição da carta de arrematação.

DESCRIÇÃO DOS BENS: As medidas e confrontações dos imóveis e/ou benfeitorias, eventualmente constantes no presente edital, bem como a descrição dos bens móveis, deverão ser consideradas meramente enunciativas, visto que são extraídas de certidões, laudo de avalição e de demais documentos anexados aos autos.

BENS MÓVEIS: Em caso de arrematação de bem móvel, fica ao encargo do arrematante a retirada e transporte do bem do local onde o mesmo se encontra.

ORIENTAÇÕES GERAIS:

Caso o bem não alcance o lanço equivalente à importância da avaliação seguir-se-á em dia e hora já mencionados acima a sua alienação pelo maior lanço, não podendo ser alienado por preço vil (inferior a 50% do valor da avaliação), salvo determinação diversa, conforme o art. 891 do CPC.

Os lances estão sujeitos à apreciação do Juízo competente, podendo ser homologados ou não. Após a homologação, será expedida a Carta de Arrematação, conforme o art. 903 do Código de Processo Civil, documento necessário para a posse e transmissão do bem junto ao respectivo órgão registral.

Fica a critério do leiloeiro o agrupamento ou não dos lotes do mesmo processo judicial, para o bom andamento e melhor aproveitamento financeiro do processo licitatório.

O leiloeiro, por ocasião do leilão, fica, desde já, desobrigado a efetuar a leitura do presente edital, o qual se presume seja do conhecimento dos interessados.

Outras informações pelo e-mail [email protected] ou pelos telefones (55) 3333-4458 / 99193-8301 (WhatsApp) / 99116-0800.

 

Salto do Jacuí/RS, 16 de Fevereiro de 2024.

Localização do Imóvel

Endereço: Capão Bonito
Cidade: Salto do Jacuí / RS - CEP: 99440-000